Música: Cícero Lins

Imagem

Hey galera! Hoje vim falar de um cantor/compositor brasileiro do qual gostei desde a primeira vez em que ouvi, e é o Cícero Rosa Lins. Não sou muito de ouvir música brasileira, eu confesso, mas sei que em nosso país também existe grandes compositores. Há alguns dias atrás estava procurando novas músicas para colocar na minha playlist , e achei o Cícero, com suas músicas no estilo MPB, Indie, Rock Experimental, eu amei logo de cara, sem contar que a voz dele é ótima de se ouvir, daquelas que você não se cansa sabe, minha opinião. Então, pra quem curte uma boa música brasileira nesses gêneros musicais, ouçam! Vamos conhecer um pouco sobre ele?

Imagem

Cícero Rosa Lins, compositor brasileiro, um dos nomes mais interessantes da chamada Retomada da MPB dessa década, Cícero lançou em 2011 seu primeiro CD, Canções de Apartamento, gravando e tocando todos os instrumentos em seu apartamento e o disponibilizando para download gratuito em seu site e em sua página no Facebook. Composto por 10 canções com atmosfera caseira, o disco teve enorme repercussão na rede ao misturar inúmeras referências melódicas, harmônicas e literárias. Gravando novamente de forma caseira, Cícero lança em 2013 seu segundo disco: Sábado, continuação do disco anterior, desta vez com as ilustres e discretas participações de Marcelo Camelo, SILVA e Mahmundi. O segundo disco do músico carioca foi em aparente sentido contrário ao primeiro em termos estéticos com composições e arranjos menos assertivos e lírica fragmentada.

Imagem

Formado em Direito, Cícero conseguiu grande visibilidade em pouco tempo por ter seu trabalho visto como um pensamento amplo sobre a música e poesia brasileira. Ao dialogar com os conceitos de arte pós-contemporânea, Cícero estabeleceu links entre as mais diversas obras e castas da música e poesia brasileira em um tratado sobre o entendimento de referências em nosso tempo, encerrando a obra com a síntese do pensamento do disco Canções de Apartamento: “Não vai sobrar nada pra ser, mas quem se importa? é sexta-feira!” O disco ganhou projeção rápida na rede, se tornando viral, com auxílio do download gratuito e do clipe de “Tempo de Pipa“, que bateu a marca de 1 milhão de visualizações. Ao lado de Michel Teló, foi o maior vencedor do Prêmio Multishow de Música Brasileira de 2012, nas categorias Música Compartilhada (pelo seu disco) e Versão do Ano (pela sua versão de Conversa de Botas Batidas, do Los Hermanos). Cícero foi elogiado por artistas como Marisa Monte, Maria Gadú, Lenine, Paulinho Moska e Marcelo Camelo. Além de ser indicado como melhor disco de MPB no Primeiro Prêmio MPBfm Contigo! de música brasileira e de ter figurado em quase todas as listas de melhores discos de 2011.

Imagem

“O novo disco faz parte de um diálogo da vida urbana com questões pessoais. Para fugir dos fantasmas do segundo disco, Cícero partiu do mesmo lugar, dessa vez porém chegou mais longe.” (Jornal O Globo, agosto 2013)

“São menos de 30 minutos embalados por uma MPB moderna com leves traços de indie rock e tímidas guitarras sujas, gravados em diversas casas por onde o músico passou nos últimos meses”. (Rolling Stone, setembro 2013)

Imagem

 

Anúncios

3 comentários sobre “Música: Cícero Lins

  1. Cícero Lins é algo novo na música popular brasileira que me encantou. Fui ao seu show aqui e em Maceió e gostei pra caramba.

  2. Pingback: Música: Cícero Lins | I'm Going Back To 505

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s